Tabela guia de tamanho de roupas e sapatos infantis

À pedidos de algumas amigas, vou compartilhar a tabela de tamanhos de roupas e sapatos que fiz para colocar no armário do Gabe.

Apesar de outras mães terem me alertado durante a gravidez que muitas vezes guardamos uma peça de roupa e quando vamos experimentar no bebê ela já não cabe mais,  aconteceu comigo. :( Mesmo com a etiqueta dizendo que era para uma “idade maior” da qual meu filho estava.

Pra resolver esse problema, listei as principais marcas que meu filho tem roupa e criei meu próprio guia de tamanhos. Durante minha pesquisa, vi que a modelagem para meninas é um pouco diferente, mas acho que dá pra ter uma noção através dessa tabela mesmo.

captura-de-tela-2016-10-21-as-11-26-33

Espero que ajudem vocês à não perderem tantas roupas dos bebês/crianças.

Clique aqui para baixar a versão preto e branco em PDF e aqui para baixar a versão em editável em Excel.

Carrinho de Bebê: Chicco Bravo Travel System

O modelo de carrinho que escolhemos para o Gabe é o Chicco Bravo Travel System e como muitas amigas já me perguntaram se eu gosto ou não e os prós e contras, acho que está na hora de escrever um review.

Pra começar, quero esclarecer que depois de muito pesquisar sobre carrinhos para escolher qual iríamos comprar, cheguei a conclusão de que não existe carrinho perfeito. Você precisa escolher quais atributos são mais importantes pra você e sua rotina e, aí então encontrar o carrinho que mais se adequa às suas necessidades. Dito isso, vamos ao Chicco Bravo (modelo 2016)…

Pontos positivos: 

  • É travel system, o que significa que vem com o carrinho, o bebê conforto e a base para prender o bebê conforto no carro. Tudo pelo preço de 1.
  • Falando em preço, achei bastante razoável, pagamos USD 429,99 na Buy Buy Baby, já encontrei desse modelo no Brasil, no Mercado Livre por aproximadamente R$5.000,00.
  • É possível usar o bebê conforto na base do carrinho e virado para a mãe.
  • A capota do bebê conforto e também do assento é bem comprida, o que é ótimo para dias de sol.
  • Pesa cerca de 11kg. Acredite se quiser, mas na categoria dele, é um dos mais leves.
  • Já vem com porta copos, para a criança e para os pais. Vem também com uma mini bolsinha próximo à alça que é ótimo para guardar celular, óculos, chaves, etc.
  • Muito fácil para abrir e fechar. Não precisa retirar nenhuma peça e nem o assento para fechar, você simplesmente puxa uma alça e fecha. Dá pra fazer com uma mão só, o que era importante pra mim, pois poderia fazer com o Gabriel no colo.
  • Assim como todos da categoria, é um trambolho, MAS… é estreito (o que era imprescindível pra gente pois moramos em apartamento e as portas não são largas) e quando fechado, cabe na maioria dos porta malas dos carros das nossas famílias.
  • Fácil de dirigir e manobrar.
  • Cesta inferior com acesso pela frente e por trás e com um tamanho excelente. Eu carrego o mundo no carrinho.
  • Dá pra ajustar a altura da barra para empurrar o carrinho e pendurar a bolsa. Minha bolsa geralmente é bebem pesada e o carrinho nunca virou, o que considero outro ponto positivo.

hd-451_2z

Pontos negativos:

  • Acho o assento do carrinho um pouco baixo, quando sentamos em uma mesa e ele fica no carrinho, geralmente reclama por que não consegue participar da bagunça, rs.
  • Não reclina 180˚, portanto não pode ser usado como moisés. Poderia ter também mais pontos de regulagem da posição do assento.
  • O tecido do bebê conforto e do assento é bastante quente. Poderia vir com um tecido que fosse térmico.
  • Poucas opções de cores e acessórios.
  • A capota do assento poderia ter um zíper ou forma de dobrar a aba, pois quando o carrinho fica fechado e no porta malas, geralmente amassa e é chato de “desamassar”.
  • O porta copos poderia ser um pouco mais fundo para dar mais estabilidade. Quando apoio uma garrafinha de água, geralmente ela cai no meio do passeio, rs.
  • Não tem assistência técnica autorizada para esse modelo de carrinho e nem peças de reposição no Brasil.

 

* Esse vídeo foi feito com o modelo 2015. O nosso é 2016 e percebo que tem algumas diferenças nos acabamentos, principalmente na capota, que no nosso caso, parece ser maior. *

Informações técnicas do fabricante:

  • Conteúdo: o carrinho Bravo LE Stroller, o bebê conforto KeyFit 30 Zip Infant Car Seat e a base para o carro.
  • O carrinho suporta crianças à partir de 6 meses até 23kg.
  • Peso do carrinho: 10,5kg
  • Medidas do carrinho aberto: 109 cm C x 55,3 cm L x 90,1 cm A
  • Medidas do carrinho fechado: 71,2 cm A x 55,3 cm L x 40,6 cm C
  • Bebê conforto suporta crianças entre 2 kg à 14 kg, ou até 76 cm de altura.
  • Medidas do bebê conforto: 70 cm C x 43,2 cm L x 61 cm A.
  • Peso do bebê conforto: 4,7kg
  • Características do carrinho:
    • Regulagem com 3 posições do assento
    • cinto de segurança de 5 pontos, ajustáveis
    • assento virado para frete
    • alça ajustável
    • fechamento com uma mão
    • fica em pé quando fechado
    • suspensão nas quatro rodas
    • freios traseiros
    • rodas da frente com giro 360˚
    • tecidos de acabamento premium
    • capota com extensão e janela
    • inclui acessório: almofada para assento
    • barra com bandeja e porta copo para a criança
    • barra com porta copo e bolsa para os pais
    • cesta inferior com grande capacidade
  • Características do bebê conforto:
    • inclui acessório: almofada para assento
    • cinto de segurança de 5 pontos, ajustáveis
    • nível na base para facilitar a instalação
    • capota com zíper
    • capa de proteção da criança contra o frio
    • gaveta para guardar objetos na base do carro

 

Avaliação geral:

Acho que fizemos uma boa escolha. Como (ainda) não tivemos experiência com outros modelos de carrinho, não consigo comparar, mas no geral, gosto muito do Chicco Bravo. Acho bem versátil, fácil de manusear e o Gabe parece gostar também. Poderia ficar um pouco menor ao fechar, mas comparado com outros carrinhos da categoria, até que ele é bem compacto.

Nossa única experiência ruim até agora foi que com 4 meses de uso, as molas da suspensão das rodinhas da frente do carrinho caíram. Como a assistência técnica no Brasil não está autorizada a consertar este modelo de carrinho, mesmo estando na garantia, a Chicco não se responsabilizou (shame on you Chicco!). Entrei em contato com a Chicco americana que prontamente me atendeu e mandou duas rodinhas novas pra mim. Não costumamos andar com o carrinho na rua e nem em terrenos muito instáveis. Não tenho certeza se compramos aquele 0,01% de produtos com falhas ou se o acabamento é ruim mesmo.

Acho que vale dar uma pesquisada com outras mães que têm esse carrinho para avaliar essa questão de eventuais quebras. Se o meu caso for o único, vai fundo, porque pode ter sido azar meu. O carrinho no geral é ótimo e eu recomendo sim.

Como escolher o carrinho de bebê

Escolher o carrinho de bebê, pra mim, foi de longe a parte mais difícil de montar o enxoval. Antes de engravidar, eu não tinha ideia do mundo de opções que existiam nesse ramo e fiquei completamente perdida quando chegou a minha vez.

Pesquisei muito na época, e hoje, consigo resumir dicas valiosas para ajudar a escolher o carrinho ideal.

O primeiro passo é entender que não existe carrinho perfeito. Então, sempre vai ter alguma coisa que te incomoda… pode ser o design, o preço, o tamanho ou qualquer outra característica. O mais importante é descobrir quais são os pontos que são realmente essenciais para você.

As primeiras perguntas que você deve fazer a si mesma(o) são:

  • quando e pra que vou usar o carrinho?
  • vou usar o carrinho por quanto tempo? quero ter apenas 1 carrinho que acompanhe o crescimento do bebê ou vou ter dois modelos, um para quando for bebezinho e outro para quando estiver maior?
  • tenho espaço na minha casa para guardar?
  • qual a medida das portas da minha casa? (acredite! tem carrinhos que não passam nas portas, rsrs)
  • tenho espaço no meu porta mala para carregar o carrinho?
  • eu costumo viajar muito?
  • utilizo transporte público?
  • preciso que seja fácil de abrir e fechar?
  • quando saio, levo (ou trago, rsrs) muitas sacolas?
  • as pessoas que vão utilizar o carrinho, tem mais ou menos a mesma altura (isso define a altura da alça para empurrar o carrinho, por exemplo)?
  • o carrinho é para ser usado por quantas crianças? de quais idades?
  • quanto estou disposto a gastar no carrinho?
  • o design é importante pra mim?

Com essas respostas em mente, acredito ser válido escolher entre 3 e 5 atributos da lista abaixo:

  • ser compacto
  • ser fácil de abrir e fechar (cuidado! alguns se separam em duas peças para fechar, o que pode ser um transtorno na hora de colocar no carro)
  • ser leve
  • ser seguro
  • reclinar 180˚ para utiliza-lo como moisés
  • ter um design bonito e moderno
  • ter um cesto grande para carregar objetos
  • ser confortável para o bebê
  • ter diversos acessórios para customizar o carrinho
  • ter alça para empurrar com ajuste de altura
  • ter opção para carregar mais de um bebê/criança
  • ter boa suspensão nas rodas para andar em terrenos instáveis
  • possibilidade de acoplar bebê conforto e moisés

Ok. Agora que você já sabe o que quer, é hora de conhecer as categorias de carrinhos disponíveis.

  • Travel System: vêm acompanhados de outros acessórios, como bebê conforto e base para automóvel. O carrinho e os acessórios são da mesma estampa, fazendo com que eles combinem entre si. O conforto e segurança são algumas das principais características deste modelo. A grande vantagem é que, enquanto o bebê é pequeno, dá para tirá-lo do carro e colocá-lo no carrinho sem acordá-lo, porém o carrinho é um tanto pesado e volumoso.
  • Carrinho tradicional: O carrinho não chega a deitar completamente e, geralmente  como é aberto, o bebê precisa ficar o tempo todo com o cinto de segurança, mesmo adormecido. Em alguns tipos de carrinho, é possível virar a cadeira de forma que o bebê possa ficar olhando para você (e vice-versa).
  • Três rodas: é projetado para enfrentar terrenos mais acidentados com facilidade.
    As rodas são maiores e mais leves e, por isso, esse modelo é o mais indicado para aqueles que  gostam de caminhar ou correr sem se preocupar em chacoalhar demais o bebê nos diferentes tipos de solo. De maneira geral são grandes e costumam ocupar bastante espaço na mala do carro.
  • Guarda-chuva:  o mais prático de todos os modelos por oferecer um fechamento rápido e fácil, deixando o carrinho extremamente compacto. É um carrinho mais leve e mais barato. Não reclina muito e a proteção ao sol também é menor.
  • Para gêmeos e irmãos: Nos modelos em que os assentos ficam um ao lado do outro, é preciso testar para ver se passa nas portas da sua casa e também nas calçadas da sua cidade. Nos modelos tipo trenzinho, o comprimento pode dificultar as manobras, principalmente em curvas fechadas. Pode não caber bem em alguns elevadores. Em ambos os casos, ocupa bastante espaço no carro e pode ser pesado.

As principais marcas de carrinho disponíveis são: Burigotto, Peg Perego, Chicco, QuinnyBugaboo, Stokke, Safety 1st, Baby Jogger, Uppababy e Britax.

E para ajudar mais um pouco, segue uma lista de pontos a serem observados e perguntas para fazer para a vendedora na hora de comprar:

  • O carrinho deita o suficiente para recém-nascidos? Qual a idade e peso recomendados no manual?
  •  Dá para pendurar uma sacola na barra do carrinho? O carrinho vira fácil com o peso?
  •  O carrinho tem cesto para carregar coisas? É acessível quando o encosto está abaixado?
  •  O encosto do assento do bebê é fácil de baixar e levantar? Faça o teste.
  •  O cinto de segurança é fácil de prender? O cinto no meio das pernas é essencial e tem de ser usado sempre. Os cintos mais seguros são os de 5 pontos, que passam também por cima dos ombros.
  • O bebê vai ficar protegido o suficiente do sol?
  • Tem uma “janelinha” para você ver o bebê?
  • O carrinho bloqueia o vento? É compatível com uma “capa” de plástico para proteger o bebê do frio e da garoa?
  • Tem acessórios, como telas contra insetos? Porta-copos e porta-objetos?
  • O carrinho é compatível com algum bebê-conforto?
  • A altura da barra para empurrar o carrinho é confortável para quem vai “dirigir” o carrinho? A barra é regulável?
  • Você fica “chutando” a estrutura do carrinho ao caminhar rápido?
  •  O carrinho é fácil de manobrar? As rodinhas dianteiras giram 360 graus? Elas têm travas? (Recomendo testar na loja)
  • Como é a suspensão e material das rodas? Quanto maior o diâmetro delas, mais estável será o carrinho.
  • Qual a distância das rodas em relação ao assento? Elas devem ficar fora do alcance das crianças, caso contrário elas podem prender as mãos e se machucar.
  • Como funcionam os freios? Teste se, ao travar o carrinho, ele não se movimenta.
  • O carrinho passa com facilidade em corredores e portas? (Leve as medidas da sua casa)
  • É fácil de abrir e fechar? Dá para fazer com uma mão só, se você tiver de segurar o bebê ao mesmo tempo?
  • Quando fechado, é pesado para carregar? A mãe consegue carregar sozinha?
  • Quando fechado, o carrinho fica de pé? Você vai deixá-lo aberto ou fechado dentro de casa? Ocupa muito espaço?
  • Cabe no porta-malas do carro? Sobra espaço para outras coisas? Lembre também que você pode ter de encaixá-lo no carro de outras pessoas, ou em táxis.
  • Como é o assento? É confortável? O ideal é que ele meça, no mínimo, 28 centímetros de largura. Assim, ele se torna mais seguro e confortável.
  • É possível retirar os tecidos para lavar? Pode lavar na máquina?
  • Tem assistência técnica no Brasil?

E por fim, uma última dica: converse com outras mães e pergunte o que elas acham dos carrinhos que escolheram. Peça para enumerar os pontos positivos e negativos e se possível, faça um test drive nos carrinhos das suas amigas que já são mães. :P

Como fazer compras na Amazon

Eu sou super fã de compras online. Nos últimos anos quase 100% das compras que faço não preciso sair de casa. Até mesmo supermercado. Um dos sites que mais uso para fazer compras online quando vou para os Estados Unidos é a Amazon.com. Tem de tudo, os preços são bons, entregam dentro do prazo e é bastante simples.

Resolvi escrever esse artigo ensinando algumas dicas e truques de como fazer compras na Amazon depois que algumas amigas me fizeram a grande revelação que ficam perdidas dentro do site com tantas opções que aparecem de um mesmo produto (rs).

 

 

Como funciona

Primeiramente é preciso entender o conceito da loja. A Amazon.com (versão americana) é provavelmente uma das maiores lojas do mundo, sem praticamente ter nenhum produto físico no estoque, pois utilizam diversos fornecedores para venderem seus produtos. Dessa maneira eles conseguem ter os melhores preços e a maior diversidade de produtos.

Na hora de navegar pelos produtos, repare que alguns são vendidos pela própria Amazon, outros por vendedores terceiros mas enviados pela Amazon, e ainda tem alguns produtos que são vendidos e enviados por terceiros. A diferença, na prática, é de que a Amazon sempre cumpre com o prazo de entrega, geralmente tem fretes melhores e você acaba tendo mais informações sobre o andamento da entrega. De qualquer forma, os três modelos são confiáveis e nunca tive problema com nenhum.

Para comprar, é necessário fazer um cadastro na loja e vincular um cartão de crédito internacional. Apesar das entregas, geralmente, só serem feitas para os Estados Unidos, o cartão pode ser brasileiro.

Vá escolhendo seus produtos navegando pelas categorias (na lateral esquerda ou superior do site) ou usando a caixa de busca do site. Para adicionar os produtos no carrinho de compra, clique no botão “Add to cart”. Para finalizar a compra, entre no seu carrinho de compras e selecione o botão “Proceed to Checkout”, onde você vai poder escolher as opções de frete e estimar quanto vai custar sua compra total incluindo taxas e impostos. O preço total é informado na na última etapa da compra, depois que o site separar suas compras em diferentes números de pedidos, baseado na disponibilidade, vendedor e opção de frete.

A versão brasileira da loja por enquanto só vende livros digitais.

Usando a Wish List da Amazon.com

A lista de desejos da Amazon é universal, isso permite que você adicione produtos de qualquer website à sua lista de desejos da Amazon.com. É possível fazer isso através de um botão que você instala no seu navegador e quando encontrar alguma coisa que gostaria de ter, em qualquer site, basta clicar no botão para adicionar à Lista de desejos.

Eu tenho o hábito de alimentar minha Wish List da Amazon mesmo sem ter viagem marcada. Assim não corro o risco de esquecer nada do que eu esteja querendo e a família fica feliz, pois quando pedem sugestões de presentes de aniversário e/ou natal, é só eu mandar o link que eles vão encontrar diversas opções.

Dicas e Truques

  •  Produtos específicos. Quando quiser algo específico, de uma marca ou modelo, uma boa dica é comprar na Amazon, pois não é garantido que você vá achar nas lojas e pode perder muito tempo da viagem procurando.
  • Verifique se o seu hotel recebe encomendas e se há alguma taxa pra isso.
  • Confirme qual será o tempo de entrega dos produtos. E para evitar problemas, calcule o tempo para que cheguem no máximo até uns 3 dias antes de você ir embora.
  • Customer Reviews: Um bom termômetro para saber se o produto é bom ou não é ler as reviews. Aqui em casa sempre que estamos na dúvida de comprar algum produto, principalmente eletrônicos e mesmo que não seja pela Amazon, sempre damos uma olhada nas reviews do site.
  • É bom lembrar que compras pela internet tem cobrança de IOF (6,38%) e que o valor total a ser pago, na verdade é um mistério, já que a administradora do cartão sempre usa a taxa do dólar do dia do fechamento da fatura (e não do dia que você fez a compra).

Receita: Quiche de Alho Poró

cevisa_fotos_comidas_19-1024x683

 

Sempre que faço essa receita aqui em casa é o maior sucesso. E o melhor… é super rápida e fácil de fazer!

 

Ingredientes

  • 1 receita de massa para tortas, que publiquei semana passada
  • 100ml de leite
  • 1 col de sopa de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 1 queijo minas
  • 50g de queijo parmesão ralado
  • sal
  • pimenta do reino
  • noz moscada

 

Modo de preparo

Pré aqueça o forno e prepare a receita da massa para quiche e tortas.

Fatie em rodelas finas o alho poró e amasse o queijo minas com um garfo.

Em um vasilhame, misture todos os ingredientes do recheio e misture até ficar homogêneo.

Coloque a mistura na massa de quiche e tortas e polvilhe um pouco de queijo ralado por cima.

Leve ao forno pré aquecido por cerca de 30 minutos ou até dourar.

 

 

link da foto